Notícias

< Volta para Notícias

Aplicativo da carteira de trabalho já foi baixado por mais de 100 mil pessoas

05 de Janeiro de 2018 - Geral

Lançado em novembro passado, o aplicativo da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CPTS) já foi baixado 111.803 vezes. A versão digital do documento não substitui a física, mas permite que o trabalhador tenha em mãos, a qualquer momento, todas as todas as informações que constam na original.

 Segundo o coordenador de Identificação e Registro Profissional do Ministério do Trabalho, Sérgio Barreto, a nova opção permite ainda acompanhar e controlar a situação trabalhista. “O funcionário pode saber, por exemplo, se a empresa forneceu o vínculo trabalhista e se as informações dadas estão corretas nos sistemas de governo.”

 Por meio do aplicativo é possível fazer consultas de informações pessoais e de contratos de trabalho, além de solicitar a primeira e a segunda via da carteira de trabalho física.

 O Ministério do Trabalho espera que 70 milhões de trabalhadores tenham acesso ao aplicativo disponível para smartphones nas versões Android e iOS. “A tendência é o número crescer gradativamente na medida em que as pessoas forem tomando conhecimento da facilidade de ter a Carteira de Trabalho no celular”, diz Barreto.

O Ministério oferece, em seu site, um tutorial de como baixar e instalar o aplicativo.

Fonte: Estadão


< Volta para Notícias

Notícias Relacionadas

  • 13/09/2018

    Itaú deve manter taxa de juros diferenciada para bancário demitido

    Saiba mais
  • 06/09/2018

    FGV: indicadores do mercado de trabalho mostram piora em agosto

    Saiba mais
  • 06/09/2018

    Receita enviará carta a 22 mil contribuintes com suspeita de sonegação

    Saiba mais
  • 06/09/2018

    Quase 12 milhões ainda não sacaram cotas do PIS

    Saiba mais
  • 03/09/2018

    Ideb tem pequeno avanço no ensino médio, mas segue abaixo da meta

    Saiba mais
  • 03/09/2018

    INSS atrasa decisão sobre 720 mil benefícios e sofre ação na Justiça

    Saiba mais