Notícias

< Volta para Notícias

Conta de luz de janeiro terá bandeira verde e será sem cobrança extra

02 de Janeiro de 2018 - Economia

 

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta sexta-feira que a bandeira tarifária das contas de luz em janeiro será a verde, quando não há cobrança de taxa extra. Em outubro e novembro, em razão dos baixos níveis dos reservatórios das hidrelétricas e da escassez de chuvas, a bandeira tarifária adotada pela Aneel foi a vermelha patamar 2, a mais cara do sistema, com cobrança adicional de R$ 5 para cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos.

Em dezembro, a agência reguladora baixou a bandeira vermelha para o patamar 1, quando são cobrados R$ 3 a cada 100 kWh. A taxa extra se deve ao acionamento das usinas térmicas, que tem um custo maior para a produção de energia. No início de dezembro, a Aneel já havia sinalizado a possibilidade de cobrança da tarifa amarela em janeiro, quando o valor extra é de R$ 1 a cada 100 kWh. No entanto, segundo a agência, com a chegada do período de chuvas, houve um acréscimo no nível dos reservatórios, diminuindo a necessidade de acionamento das térmicas e possibilitando a adoção da bandeira verde.

"O acionamento dessa cor indica condições favoráveis de geração hidrelétrica no Sistema Interligado Nacional. Mesmo com a bandeira verde é importante manter as ações relacionadas ao uso consciente e combate ao desperdício de energia elétrica", destacou a Annel em nota.

Fonte: Correio do Povo


< Volta para Notícias

Notícias Relacionadas

  • 17/01/2019

    Extrema pobreza aumenta na América Latina e atinge nível mais alto desde 2008, diz CEPAL

    Saiba mais
  • 17/01/2019

    Benefícios do INSS acima do salário mínimo terão reajuste de 3,43%

    Saiba mais
  • 17/01/2019

    Intenção de consumo das famílias cresce 5,1% de dezembro para janeiro

    Saiba mais
  • 17/01/2019

    Pis/Pasep começa a ser pago nesta quinta-feira

    Saiba mais
  • 14/01/2019

    Receita abre consulta a restituição do Imposto de Renda de 2008 a 2018

    Saiba mais
  • 14/01/2019

    Consultas de CPFs para vendas a prazo no comércio crescem 2,8%

    Saiba mais